“Evangelizar hoje e sempre, sem fronteiras e de todas as formas”
é o nosso maior desejo, pois buscamos cumprir a ordem dada por Jesus:
"Ide pelo mundo e pregai o evangelho a toda criatura” (Mc 16, 15).


Imagem Responsiva

O Bispo Auxiliar de San Salvador, Cardeal Gregorio Rosa Chávez, emitiu um comunicado gravado indicando que ele não possui contas em redes sociais, depois que vários meios de comunicação informaram que o Purpurado supostamente tinha anunciado uma viagem do Papa Francisco à América Central no próximo ano, para canonizar o Beato Oscar Romero.

 

Em uma declaração de voz publicada na segunda-feira, 14 de agosto, na conta de Twitter do canal católico arquidiocesano de San Salvador, o Cardeal Rosa Chávez esclareceu: “Não tenho nenhuma conta no Twitter nem no Facebook. Há uma conta que está sendo publicada com o meu nome. Saibam que esta conta não me pertence, portanto, o que foi publicado não tem nada a ver comigo”.

 

 

A conta falsa, que tomou o nome do Cardeal, postou no Facebook a seguinte mensagem: “Papa Francisco me confirmou hoje à noite a sua intenção de vir ao país para a possível canonização do nosso beato. Divulgarei mais informações nos próximos dias. Deus os abençoe”.

 

A mensagem foi publicada por diversos meios de comunicação, como a agência de notícias italiana ANSA, a revista jesuíta americana America Magazine, assim como algumas pessoas conhecidas, como Marcelo Figueroa, líder presbiteriano e chefe da edição argentina do jornal do Vaticano, L'Osservatore Romano.

 

Em 11 de agosto, o Cardeal Rosa Chávez disse a um grupo de fiéis reunidos no parque “Monseñor Oscar Arnulfo Romero” do bairro San Rafael Cedros, que uma fonte próxima da causa do Beato lhe havia dito em Roma que poderia ser canonizado em 2018, mas não lhe confirmou nem anunciou uma visita do Papa ao país.

Notícias recomendadas


Cardeal Parolin explorará possível vis

17/08/2017 Ler mais

Papa expressa sua dor por vítimas de in

17/08/2017 Ler mais

CRISTÃOS SÃO O GRUPO RELIGIOSO QUE APR

17/08/2017 Ler mais